História

Origem Histórica: Os primeiros incentivadores da paróquia São Martinho de Lima, na Vila Camargo, foram os Padres Pio Dantas, pároco de São José, Vila Oficinas e Pe. Orides Giroldo, Reitor do Seminário Palotino e seminaristas Moacir e Luiz Antônio.

 

Missões Populares: A 03 de setembro de 1975, chegaram os missionários redentoristas: Padres Hilton e José, hospedando-se na casa de Romeu e Nelson, onde celebravam a missa e pregavam.

Paróquia da Vila Centenário: A 07 de outubro de 1975, era criada a paróquia de Nossa Senhora do Rosário de Belém, confiada aos Dominicanos Frei Rafael Cini, o pároco, fez uma reunião com os líderes, a 13 de junho de 1977, sendo proposto como padroeiro São Martinho de Lima, aceito por todos.

 

Diácono João Cubas: A 05 de julho de 1977, chegou de Apucarana o Diácono João Cubas, provisionado por Dom Pedro Fedalto e aceito pelo pároco.

Comprado Terreno: A 07 de dezembro de 1978, foi realizada a reunião para a compra de dois lotes. Dom Pedro Fedalto não aceitou fossem comprados dois lotes. Exigiu fossem quatro com a ajuda do Adveniat.

Construção da Igreja: A 17 de agosto de 1982, foi realizada a reunião para a construção da igreja, com Frei Constantino Mammo, O.P., novo pároco da Vila Centenário.

 

Pedra Fundamental: A 11 de março de 1984, Dom Pedro Fedalto benzeu a pedra fundamental da igreja, com muito entusiasmo do povo, erguendo a igreja com generosidade e sacrifício, construindo um apartamento para o pároco, na entrada, na parte superior.

 

Padre Lotário Welter: O Pe. Lotário Welter, da Diocese de Campo Mourão, pediu um ministério pastoral.

Criação da paróquia: Foi criada no dia 02 de julho de 1993 e instalada aos 03 de julho de 1993 com a posse do 1º pároco Pe. Lotário Welter.