Pastoral da Liturgia

LITURGIA: CONHECER MAIS PARA CELEBRAR MELHOR

blog liturgia pascoa

        Desde os tempos mais antigos o ser humano buscou formas de se comunicar com Deus.   Criaram expressões corporais, inclinações, prostrações e até utilizou elementos da natureza (flores, plantas, animais).

         CELEBRAR: significa tornar célebre, dar importância, festejar em massa, realizar uma ação solene, exaltar...

         O ser humano é naturalmente celebrativo, ele se reúne para celebrar aniversários, conquistas, promoções, etc.

         Muitas celebrações são “Ritos” ligados a diversas situações. Voltado ao rito religioso a “LITURGIA CRISTÔ é um diálogo entre Deus e seu povo.

         O documento do Concílio Vaticano II sobre a “Sagrada Liturgia” afirma que Deus fala a seu povo e Cristo ainda anuncia o Evangelho. E o povo responde a Deus, ora com cânticos, ora com orações (cf. SC 13).

        A LITURGIA é a “celebração dos mistérios de Deus”, ou seja, os projetos de Deus que se realizam na pessoa de Jesus Cristo (Mistério Pascal). A Ação Litúrgica faz memória, isto é, torna-se presente, traz para o momento atual os acontecimentos da salvação. A Celebração Eucarística é a atualização por meio de sinais e ritos, a morte de Cristo na cruz em favor de nós.  Assim a Liturgia realiza-se na Igreja e pela Igreja.

        A Igreja é o corpo vivo e real de Cristo, pela Igreja Cristo não age sozinho, mas se serve dos seus membros, obra sacerdotal de Cristo.

liturgia

        Na liturgia se utilizam sinais sensíveis, o que seriam?

        Cores, luzes, gestos, movimentos, sons, são linguagens simbólicas. Mas para concretizarmos a Ação Litúrgica precisamos ter FÉ! Sem a Fé as Celebrações podem se tornar belos espetáculos, porém vazios e ineficazes.

        Na comunicação da Liturgia existem muitas realidades que tocam nossos sentidos e nos comunicam algo:

        Eis alguns: Palavra, espaço Celebrativo, Ornamentação, Vestimentas, Objetos Litúrgicos, Símbolos, expressões Corporais, Gestos, Posturas (sendo de pé, sentados, ajoelhados ou prostrados) e um muito importante “O Silêncio”! Enfim tudo isto deve contribuir para que celebremos cada vez melhor, como família e como Comunidade Cristã.

        Espero poder em outra oportunidade compartilhar e aprofundar mais este assunto.

 

Abraço fraterno!

Dirlei – Coordenador da Liturgia

3° ano Teologia – PUC-PR